100% de presença e inclusão digital

Segundo Tom Peters: “quase 100% da inovação é inspirada não por análises de mercado, mas por pessoas insatisfeitas com o estado atual das coisas”.

Realmente, esta reflexão repercute em vários setores do mercado, inclusive quem atua como profissional de comunicação. Digo isso, porque o produto que vendemos é serviço prestado para marketing de conteúdo, por exemplo.

Contudo, com era digital onde todas as empresas buscam se reinventar com a internet aliada aos planos de ação e, assim, atingir o máximo do seu público-alvo. Mas, para isso, está cada vez mais criando conteúdos interessantes e competitivos nas redes sociais.

Portanto, a expressão de Peters faz todo sentido quando as pessoas, consumidores estão atentos para emitirem suas insatisfações, principalmente, quando o assunto é atendimento.

Nesse sentido, ouvir as pessoas, hoje, é o termômetro para averiguar como está sua aceitação. O exemplo: os seguidores dos perfis da empresa, é ideal aprender sobre seus hábitos de consumo utilizando sempre a pesquisa de campo. Este dado é importante conferir, mas para isso, é necessário criar um método de pesquisa de mercado básico, mas ao alcance de todos.

Tecnologia

E seguindo a reflexão sobre a inovação, tendo em vista a presença digital em nosso cotidiano, internautas, usuários e consumidores de internet somam 3,4 bilhões de pessoas, isto equivale a 45% da população mundial, segundo estimativa das Nações Unidas. Esta soma privilegia como e quando os chamados comunicadores em potencial, podem criar o seu mundo como expressão itinerante nas visitas em páginas web, redes sociais, aplicativos, etc.

Você, eu, todos os bilhões de seres humanos com a inteligência e capacidade para navegar on-line gera trilhões de informações. Contudo, todas as idades, os nascidos na era tecnológica, outros aprendizes consumidores de internet, contribuem com esse mar de produção de conteúdo, seja por imagem ou por palavras, repercutem na interação e conexão das mensagens que desejam passar.

Somos bilhões de internautas e assumimos a responsabilidade de olhar a intensa comunicação virtual, zelando pela qualidade da informação e construtores de uma comunicação eficaz. Aqui estamos, representantes, atrás de uma tela de microcomputador ou dispositivo para elevar os níveis de uma boa comunicação com o objetivo de agradar o receptor da mensagem enviada.

Faça um comentário